Connect with us

Published

on

A idosa de 94 anos que morreu durante o incêndio ocorrido nessa sexta-feira (31), em um dos apartamentos do Edifício Monet, em Águas Claras, já foi abandonada em um hospital do Distrito Federal. Zely Alves Curvos estava em homecare na unidade que foi atingida pelas chamas, mas, no ano passado, foi deixada no Hospital Militar de Brasília (HMAB), no Setor Militar Urbano, pelo próprio filho.

Em 17 de maio de 2023, o ex-médico Lauro Estevão Vaz Curvo foi preso em flagrante por se recusar a receber a mãe, Zely, em casa. Ela tinha recebido alta do Hmab havia 30 dias, mas nenhum parente teria aparecido para buscá-la.

Na época, o hospital acionou a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). A prisão de Lauro foi realizada por agentes da Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial, Religiosa ou por Orientação Sexual ou Contra a Pessoa Idosa ou com Deficiência (Decrin).

* Metrópoles,

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights