Connect with us

Published

on

O presidente do PDT em Maceió, João Folha, fez uma declaração contundente, cobrando um posicionamento firme da esquerda diante do lamentável episódio envolvendo o filho do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua esposa.

“A agressão levantou questões importantes sobre valores e comportamento, e é fundamental que lideranças políticas se posicionem claramente contra qualquer forma de violência, especialmente quando se trata de violência doméstica”, ressaltou.

Folha enfatizou que a esquerda, historicamente, tem sido uma voz ativa na defesa dos direitos das mulheres e na luta contra a violência de gênero. “É essencial que esse compromisso seja reafirmado e que ações concretas sejam tomadas para garantir que casos como esse sejam tratados com a seriedade e a urgência que merecem”, cobrou.

Em sua fala para as redes sociais, ele foi esclarecedor: “Justo tem que ser justo em ambos os lados, tanto na esquerda quanto na direita. Política e militância não podem ser usadas apenas quando é conveniente pra nós”, alertou.

Além disso, João Folha ressaltou a importância de se evitar qualquer tentativa de minimizar ou justificar a violência, independentemente do envolvimento das partes. “A proteção e o apoio às vítimas devem ser prioridade, e a responsabilização dos agressores é fundamental para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária”, afirmou.

Como líder político, João Folha se posicionou como um representante da sociedade que exige responsabilidade e coerência por parte de todos os atores políticos, especialmente quando se trata de questões tão sensíveis e urgentes como a violência contra as mulheres.

“Nosso compromisso é com a defesa dos direitos humanos e com a luta contra todas as formas de violência e opressão”, concluiu.

 

 

/Assessoria.

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights