Connect with us

Published

on

O caso da mulher que levou um cadáver em uma cadeira de rodas até uma agência bancária para sacar um empréstimo de R$ 17 mil teve repercussão internacional nesta quarta-feira (17). Jornais do Reino Unido, Estados Unidos, Austrália e Argentina noticiaram o caso.

Erika de Souza Vieira Nunes foi detida em flagrante e autuada por tentativa de furto mediante fraude e vilipêndio de cadáver contra Paulo Roberto Braga, de 68 anos, suposto tio da mulher.

O jornal Clarín, da Argentina, publicou uma reportagem chamando o caso de “Horror”.

*Metrópoles

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights