Connect with us

Published

on

A Prefeitura de Penedo nunca investiu tanto em saúde como nos últimos três anos. A prova disso é o destaque que as ações da Secretaria Municipal de Saúde (SEMS) têm pela qualidade na oferta de serviços. Penedo foi o município de Alagoas que mais investiu em saúde com recursos próprios no ano de 2023.

De acordo com o Ministério da Saúde, o mínimo de investimento constitucional aplicado na saúde pelo município deve ser de 15% do orçamento. Em 2023, a Prefeitura de Penedo investiu 29,82%, com o valor aplicado de R$ 34.519.829,22, o que significa mais de dezessete milhões (R$ 17.160.044,45) investidos a mais do que o mínimo obrigatório, o maior percentual nos últimos 10 anos.

De acordo com os dados do Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde (SIOPS), foram investidos R$ 73.174.681,14 apenas nos anos de 2021, 2022 e 2023, sendo R$ 29.322.344,43 a mais do valor mínimo.

Esses investimentos com recursos próprios garantiu a ampliação dos serviços ofertados, a criação de novos programas e a ofertas de novos exames para melhorar a qualidade de vida dos pacientes, além da reforma do PSF Sesi e do Complexo de Saúde Dr. Hélio Lopes, que serão inaugurados ainda este mês.

“Esses dados estão no Ministério da Saúde. Sempre que solicitei médicos especialistas, a criação de um programa ou determinado exame para o Centro de Diagnóstico, a Prefeitura de Penedo sempre deu o aval positivo. Isso se reflete em números porque isso é investimento. Em 2023, fomos o município que mais investiu em saúde em Alagoas, ficando à frente de Maceió (19,44%) e Arapiraca (24,98%)”, explica a Secretária Municipal de Saúde, Waninna Mendonça.

Com os investimentos, foi possível trazer resolutividade aos fluxos de atendimentos à população com a contratação de médicos especialistas atendendo no Centro de Saúde III, antigo Sesp. Além de zerar as demandas reprimidas dos postos de saúde com o Programa Saúde Por Todo Canto e trazer novos exames para o Centro de Diagnóstico.

“Estamos mudando a forma de fazer saúde pública em Penedo. Vimos a necessidade da população e, juntamente com a gestão, resolvemos trazer médicos especialistas para não mandarmos mais nossos pacientes para Maceió ou Arapiraca porque o desgaste é enorme”, acrescenta Waninna Mendonça.

Além disso, a Secretaria de Saúde de Penedo passou a ofertar endoscopia e ecocardiograma com vídeo, exames de alta demanda que antes eram estavam disponíveis apenas em outros municípios. “Para trazer esses serviços, tínhamos que ter os equipamentos necessários e médicos, e hoje não temos mais problemas com esses exames. Isso é investimento em saúde”, explica a gestora da SEMS.

Assim, Penedo retoma a condição de referência em saúde entre os municípios da 6ª Região. Ano passado, com os 29,82% de investimentos de recursos próprios, o município ficou à frente de Coruripe (15,33%), Feliz Deserto (16,88), Piaçabuçu (21,64%), Igreja Nova (16,36%), São Brás (27,55%), Porto Real do Colégio (17,27%) e Jequiá da Praia (26,05%).

Texto Gabriela Flores – jornalista e social midia SEMS Penedo

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights