Connect with us

Published

on

A Polícia Civil (PC) prendeu, nessa terça-feira (2), em Branquinha, um jovem acusado de matar um servidor público com golpes de facão, após a vítima se recusar a pagar R$ 800,00 por uma relação sexual.

A prisão ocorreu em uma ação conjunta da Diretoria de Repressão à Corrução e ao Crime Organizado (Dracco), coordenada pelo delegado Igor Diego, em parceria com a Delegacia de Homicídios de Rio Largo, comandada pela delegada Rosimeire Vieira.

 

O crime ocorreu em julho de 2023, na residência da vítima, na localidade Alto São Miguel, em Rio Largo. A vítima, o servidor público aposentado, Jorge Alves Pereira, de 57 anos, foi assassinada com golpes de facão.

Conforme as investigações, o servidor conheceu o autor do crime em uma praia e lhe ofereceu R$ 800,00 para terem relações sexuais. A proposta teria sido aceita e os dois saíram da praia e foram para a casa da vítima, onde passaram a noite juntos.

Ao amanhecer, o servidor teria se negado a pagar o valor combinado e, por esse motivo, o autor ficou furioso e pegou um facão que estava embaixo de um rack, e, quando ele se virou, o acusado deferiu vários golpes na cabeça e fugiu, levando pertences da vítima, que não resistiu e foi a óbito.

As investigações foram realizadas, o suspeito confessou a prática do crime e narrou toda a execução. Ele está preso e ficará à disposição da Justiça.

*Com assessoria

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights