Connect with us

Published

on

A Polícia Militar do Rio de Janeiro (PMERJ) informou que um homem, conhecido como “rato” e apontado como líder da facção criminosa Comando Vermelho em Alagoas, morreu em confronto nessa terça-feira (28).

Segundo a corporação, ele veio a óbito durante as ações realizadas nos complexos de comunidades do Alemão e da Penha. A PMERJ afirmou que ele seria uma espécie de representante do grupo criminoso no estado alagoano.

Rato e outro suspeito, que também foi baleado pela polícia, foram socorridos por moradores do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio. Imagens gravadas por moradores mostram o momento em que as pessoas levam os dois em macas improvisadas pela Rua Canitar, uma das principais vias da comunidade.

O G1 apurou que a força-tarefa da segurança pública do Rio de Janeiro tenta prender chefes do Comando Vermelho, responsáveis pelas recentes disputas por territórios no RJ, sobretudo na Zona Oeste da capital. Um dos alvos é Edgar Alves de Andrade, o Doca.

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights