Connect with us

Published

on

Assim como foi no período de recesso da Câmara Municipal de Maceió (CMM), o vereador Leonardo Dias (PL) segue trabalhando também no período carnavalesco. Na tarde desta sexta-feira (9), o edil se reuniu com a secretária de Educação, Jó Pereira, com o intuito de solucionar problemas na rede municipal.

Durante todo o seu mandato, Dias visitou inúmeras escolas com o intuito de fiscalizar o funcionamento das unidades e, sobretudo, qual serviço educacional que tem sido prestado às crianças e adolescentes de Maceió.

Mais recentemente, no início da semana passada, o vereador tem preenchido sua agenda com fiscalizações em unidades de ensino com o objetivo de conferir se as estruturas das escolas estão satisfatórias para receber os alunos que retornarão às aulas após o carnaval.

“A reunião foi importante para termos um panorama daquilo que está sendo providenciado pela Semed [Secretaria Municipal de Educação] para resolver pendências estruturais em escolas, bem como outras questões que precisam ser solucionadas antes do retorno dos alunos às aulas”, destacou o vereador.

A melhoria da Educação em Maceió é uma das pautas mais caras para Leonardo. O seu trabalho de fiscalização permitiu que fardamentos, tablets, mochilas e outros materiais escolares fossem destinados às crianças que estudam na rede municipal. Suas visitas às escolas foram importantes para que fossem realizadas reformas estruturais e professores fossem contratados para melhorar a qualidade do ensino.

Além disso, Leonardo Dias aprovou leis que têm impactado positivamente na vida de pais e alunos, entre elas a garantia do fornecimento da merenda escolar durante todo o ano, o ensino da Cultura Alagoana, a criação de escolas bilíngues e cívico-militar, a prioridade da matriculas de irmãos na mesma escola.

Recentemente, a CMM aprovou a lei – de autoria de Leonardo Dias – que autoriza o Município a contratar vagas em escolas particulares e destinar a crianças e adolescentes que não conseguiram matrículas em unidades municipais. Essa medida aguarda promulgação para entrar em vigor.

 

*informações da assessoria

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights