Connect with us

Published

on

O tabagismo é considerado fator de risco para inúmeras enfermidades respiratórias crônicas, cardiovasculares e para doenças transmissíveis, como a tuberculose. Há dez anos, Maceió tem atuado no combate ao problema por meio dos Núcleos de Cessação ao Tabagismo disponibilizados para toda a população. Para ampliar esse cuidado, o Serviço de Atenção à Saúde do Servidor (Sass) criou um Núcleo de Cessação ao Tabagismo exclusivo para acompanhar e tratar os servidores da SMS.

O serviço, que nasce a partir da constatação de um quantitativo significativo de servidores tabagistas na Saúde, conta com um acompanhamento que segue a metodologia proposta pelo Instituto Nacional de Câncer (INCA) e as diretrizes já estabelecidas pelo Programa de Cessação ao Tabagismo do município.

“É um serviço muito recente implantado pelo Sass que visa reduzir a prevalência de fumantes dentre os servidores da Saúde e, consequentemente, diminuir os problemas de saúde decorrentes do tabagismo nesse público. Nosso papel sempre será viabilizar o acesso a serviços que possam colaborar para a promoção e prevenção da saúde do servidor da saúde para que ele possa cuidar da população com o maior bem-estar possível”, frisou o coordenador do Sass, André Oliveira.

Equipe do Sass identificou necessidade de serviço exclusivo para servidores da Saúde. Foto: Polyanna Monteiro/Ascom SMS
Equipe do Sass identificou necessidade de serviço exclusivo para servidores da Saúde. Foto: Polyanna Monteiro/Ascom SMS

Sobre o tratamento

A metodologia estabelecida pelo INCA é pautada em livros sobre estudos de experiências com o câncer e outras doenças relacionadas ao tabaco. No decorrer do tratamento,  que tem duração de um ano, servidores contam com reuniões periódicas, acompanhamento de equipe multidisciplinar composta por assistente social, psicólogo, nutricionista, educador físico e fisioterapeuta.

Trabalhadores também passam por atendimento médico para avaliação da  necessidade do uso de medicação para auxiliar no abandono do vício.

Como ter acesso

Para ter acesso ao tratamento, o servidor da saúde não precisa de encaminhamento médico, basta ir até o Sass, que fica nas salas 105 e 106 da SMS, portando RG e cartão do SUS para fazer o cadastro. O Serviço de Atenção à Saúde do Servidor funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 18.

Para mais informações, entrar em contato no telefone (82) 3312-5494 ou através do e-mail sass@sms.masceio.al.gov.br.

 

 

*com informação assessoria

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights