Connect with us

Published

on

A Saúde mental está em destaque em todos os equipamentos de Saúde de Maceió devido à campanha Janeiro Branco. Temas sobre prevenção do adoecimento da mente e das emoções vêm sendo discutidos, durante todo o mês, com usuários do SUS para reforçar o debate e a conscientização a cerca do assunto. Uma das questões abordadas nesse período diz respeito ao impacto que o uso de telas pode causar na saúde mental das crianças.

De acordo com a psicóloga infantojuvenil da Coordenação Técnica de Atenção Psicossocial da SMS, Silvana Mendonça, o Brasil ocupa o 2º lugar no uso de tecnologias por crianças e adolescentes entre 9 a 17 anos, que tendem a passar uma média de 10 horas por dia em frente às telas.

“Se levarmos em consideração que a indicação máxima para o uso de telas nessa faixa etária é de uma a três horas, a depender do caso, fica fácil perceber que nossas crianças têm exagerado na utilização das tecnologias. Como consequência desse e de outros fatores associados, temos notado um aumento assustador no índice de crianças com transtorno de ansiedade grave, problemas de insônia, dificuldades de se concentrar e socializar, dentre outros sintomas”, enfatizou a psicóloga.

Silvana Mendonça é psicóloga infantojuvenil da SMS desde 2005. Foto: Polyanna Monteiro/Ascom SMS
Silvana Mendonça é psicóloga infantojuvenil da SMS desde 2005. Foto: Polyanna Monteiro/Ascom SMS

A profissional acrescenta, ainda, que para frear esse contexto, em 2018,  a 11ª edição da Classificação Internacional de Doenças da Organização Mundial da Saúde, a CID-11, incluiu o uso abusivo de jogos eletrônicos  na seção de transtornos que podem causar vício.

“Sabe-se que os jogos eletrônicos contribuem consideravelmente para que as crianças permaneçam por mais tempo em frente às telas e acabem dependentes desse uso para sentir prazer, pois por trabalhar com muitos estímulos visuais, auditivos e com sistema de recompensa, o uso de telas faz com que o cérebro libere muita dopamina, levando o corpo à necessidade de sentir cada vez mais esses estímulos para experimentar a mesma sensação, assim como acontece com a dependência de qualquer droga”, acrescentou Mendonça.

Prevenção e tratamento em Maceió

Na Rede Municipal de Saúde de Maceió, o trabalho voltado à conscientização e prevenção sobre o tema é contínuo nas unidades de saúde da cidade. Para as famílias que já estão enfrentando o adoecimento mental infantil em suas casas, a Saúde disponibiliza psicólogos e psiquiatras especializados no atendimento desse público.

“O primeiro passo necessário para lidar com a dependência tecnológica é reconhecer que esse uso está negativo para a vida da criança. Para tal, alguns aspectos devem ser observados, a exemplo da mudança de humor, empobrecimento nas relações sociais, alteração no sono, alteração na percepção do tempo, irritabilidade e dificuldades alimentares. Confirmados esses sintomas, procura-se o profissional e inicia-se um processo que envolve a transformação não só da criança, como da família inteira pelo restabelecimento da saúde do pequeno”, concluiu Silvana Mendonça.

Aumento do diálogo em família, reflexão sobre outras fontes de gratificação e satisfação, ensino de técnicas de relaxamento, melhora da qualidade do sono e diminuição paulatina do uso de tecnologias são algumas estratégias elencadas pela profissional para tratar o adoecimento mental infantil decorrente da utilização excessiva de telas.

Confira abaixo as unidades que disponibilizam especialistas em saúde mental infantil no município:

PAM SALGADINHO (Poço);

URS DR. DIÓGENES JUCÁ BERNARDES – II CENTRO DE SAÚDE (Poço);

UBS MARIA TEREZA HOLANDA COSTA (Ouro Preto);

URS PITANGUINHA (Pitanguinha);

USF PARAÍSO DO HORTO (Chã da Jaqueira);

URS JOÃO PAULO II (Jacintinho);

UBS JOSÉ TENÓRIO (Serraria);

URS DR. IB GATTO FALCÃO (Tabuleiro do Martins);

UBS DJALMA LOUREIRO (Clima Bom);

US JOÃO MACÁRIO DE OMENA (Santos Dumont);

UBS ARTHUR RAMOS (Conj. Henrique Hequelman);

URS MARIA DA CONECIÇÃO PARANHOS (Jacarecica);

UBS TEREZA BARBOSA (Eustáquio Gomes);

USF PESCARIA (Pescaria);

PAM DIQUE ESTRADA (Ponta Grossa);

URS HAMILTONS FALCÃO (Benedito Bentes);

UBS JORGE DUARTE QUINTELLA (Graciliano Ramos).

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights