Connect with us

Published

on

O comando-geral da Polícia Militar de Alagoas lamentou a morte do homem baleado após surto psiquiátrico no Maceió Shopping, na tarde dessa quinta-feira (25), e informou que abriu procedimento preliminar para averiguar as ações adotadas pelos PMs do 1º Batalhão, que efetuaram o disparo de arma de fogo na perna.

Por meio da nota, o comando-geral frisou que vai respeitar o contraditório e a ampla defesa dos envolvidos.

À Gazetaweb, o delegado Arthur César contou que, depois do episódio dentro do centro de compras, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a polícia foram acionados. Eles conseguiram conter o homem e o levaram para o estacionamento. No local, ele teria novamente se descontrolado e tomado a arma de um militar. Foi então que o comandante da guarnição efetuou o disparo.

A vítima foi socorrida e levada para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o caso e contou que solicitou imagens de câmeras de segurança que possam ter registrado o episódio.]

Veja a nota da PM na íntegra:

O comando-geral da Polícia Militar de Alagoas lamenta profundamente o falecimento do indivíduo J.B.C.S., que entrou em surto psiquiátrico no Maceió Shopping, na tarde de quinta-feira (25), e acabou sendo atingido por um tiro de arma de fogo na perna, disparado por um dos policiais do 1º Batalhão, acionado para dar suporte à equipe do Serviço Móvel de Urgência (Samu) na contenção da vítima.

A Corporação comunica que já abriu procedimento preliminar para averiguar as ações adotadas pelos policiais militares durante a ocorrência, respeitando o contraditório e a ampla defesa dos envolvidos.

A Secretaria de Saúde do Estado (Sesau), por sua vez, informa que o paciente foi prontamente atendido pelo Samu, seguindo os procedimentos e protocolos para pessoas em surto ou agressão. Após o atendimento pré-hospitalar, J.B.C.S foi encaminhado ao Hospital Geral do Estado (HGE), onde recebeu toda assistência necessária.

Rayssa Cavalcante/GazetaWeb

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights