Connect with us

Published

on

Um vereador de São Luís do Quitunde e o irmão dele foram presos em flagrante, nesse domingo (21), suspeitos de ajudar na fuga de um homem investigado pelo feminicídio de uma mulher. Segundo o delegado do caso, Belmiro Cavalcante de Abuquerque Neto, os dois foram liberados após pagar fiança de cinco salários. O parlamentar do município do interior de Alagoas também foi autuado por porte ilegal de arma de fogo.

Após o cometimento do assassinato, segundo o delegado, Cícero Manoel fugiu para Matriz do Camaragibe, onde ficou escondido na casa de parentes.

De acordo com Belmiro Cavalcante, Cícero estava dentro do carro com mais dois irmãos, que o ajudavam na fuga. Os irmãos, segundo a Polícia Civil, eram Jadson José da Silva, conhecido como Jal, e o vereador Joades José da Silva, que tem o apelido de 25 e é o proprietário do carro usado para o suspeito do feminicídio fugir.
O delegado informou que o vereador e o irmão foram autuados em flagrante por ajudar na fuga de Cícero. O vereador foi autuado ainda por porte ilegal de arma de fogo. Eles foram liberados em audiência de custódia e pagaram uma fiança de cinco salários mínimos.
Mariane Rodrigues/GazetaWeb

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights