Connect with us

Published

on

Treze de janeiro de 2024. Nesta data, um passo definitivo foi dado para a concretização de um sonho de alagoanos e sergipanos, principalmentes das cidades mais próximas da foz do Rio São Francisco.

Neste sábado, a ordem de serviço para construir uma ponte entre Penedo-AL e Neópolis-SE foi assinada, ato realizado na capital do Baixo São Francisco que uniu o povo com ministros, governadores, senadores, deputados, prefeitos e vereadores.

“Estamos vivendo hoje um momento histórico, aqui na nossa cidade de Penedo. Um sonho antigo de várias gerações de penedenses, que era ter a ponte entre Penedo e Neópolis, se torna realidade e eu me sinto muito feliz por viver esse momento, até porque eu venho trabalhando nessa ponte há muitos anos”, afirmou o Prefeito Ronaldo Lopes.

Em entrevista para a imprensa, ele relatou seu empenho em favor dos ribeirinhos. “Ainda como vice-prefeito, eu procurei o então deputado federal Renan Filho para que ele colocasse os recursos para que nós pudéssemos fazer o projeto dessa ponte. Ele acatou, destinou metade do valor e o senador Renan Calheiros destinou a outra metade”, iniciativa indispensável para executar o investimento retomado em 2023.

“Quando o Senador Renan Filho assumiu o cargo de ministro dos transportes, nós conversamos com ele durante sua posse, e ele disse: Ronaldo, agora é a hora de fazer a ponte Penedo-Neópolis. Então eu quero agradecer principalmente ao ministro Renan Filho por tornar realidade esse sonho tão antigo de todos nós penedenses; ao Senador Renan Calheiros e ao Presidente Lula”, destacou Ronaldo Lopes.

O Ministro dos Transportes que recebeu na cerimônia o título de cidadão honorário penedense, honraria concedida pela Câmara de Vereadores, informou que as obras físicas começam em dois meses.

“A gente autorizou e o presidente Lula já garantiu orçamento da ordem de 30 milhões para esses primeiros meses da obra que vai custar 202 milhões de reais e a gente espera entrega-lá ao povo de Penedo em dois anos e meio, eu vou lutar por isso”, pontou Renan Filho, enaltecendo o trabalho do prefeito penedense.

“A atuação do Ronaldo Lopes é importante para Alagoas porque só ajuda em todos os aspectos, uma pessoa que colaborou decisivamente no projeto e ajuda agora no licenciamento ambiental. Com Ronaldo à frente da prefeitura, Penedo está bem representada para que a gente toque projetos importantes como essa ponte”, frisou Renan Filho em entrevista exclusiva para a Secom da Prefeitura de Penedo.

Ele acrescentou ainda que a obra vai federalizar duas rodovias estaduais, a que liga Neópólis até a BR-101 e a AL 105, entre Penedo e Pindorama. A importância da obra de infraestrutura viária também foi observada pelo Governador Paulo Dantas.

“Esta é uma obra da integração, uma obra que vai promover empregos, promover oportunidades, desenvolvimento, vai conectar os dois estados. Penedo e Neópolis deixarão de ser fim de linha e isso é fundamental para atrair investimentos privados, abrir novas empresas e abrir novos postos de serviço, que é o que todos nós queremos”, argumentou Dantas sobre a mesma linha de raciocínio do Governador de Sergipe.

“Muito mais do que ligar dois povos irmãos, a ponte vai trazer o desenvolvimento tão aguardado por todos nós. O melhor programa social que existe é o emprego, é o que transforma a sociedade e essa ponte vai trazer emprego, vai materializar em concreto o sonho de várias mãos”, disse  Fábio Mitidieri.

A ponte entre Penedo e Neópolis terá uma extensão de aproximadamente 1 km e 200 metros, com 18 metros de largura, vãos laterais de 75 metros e vão central de 150 metros.

Além do orçamento do governo federal, a obra conta com recursos destinados por parte da bancada de Alagoas, conforme destacaram os parlamentares que prestigiaram a solenidade.

“Quero destacar também, que além da capacidade do ministro Renan Filho, existe uma pessoa que não está aqui presente, mas tem compromisso com ação. E foi graças a ele que essa ponte está tendo seu lançamento”, frisou o Deputado Federal Paulão (PT), referindo-se ao Presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A ordem de serviço foi assinada pelo Ministro dos Transportes, Renan Filho; pelo Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Márcio Macêdo; pelo Governador de Alagoas, Paulo Dantas; pelo Prefeito de Penedo, Ronaldo Lopes; pelo Governador de Sergipe, Fábio Mitidieri; pelo Prefeito de Neópolis, Célio de Zequinha; e pelo diretor-geral do DNIT, Fabrício Galvão.

Texto Fernando Vinícius

Fotos Thiago Sampaio e Kamylla Feitosa (capa)

 

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights