Connect with us

Published

on

Em 2023, Maceió registrou mais que o dobro do número de casos de meningite em relação ao ano de 2022, e ultrapassou a quantidade de óbitos causados pela doença. Os dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) mostram que foram 67 ocorrências no ano passado e 18 óbitos. Do total de registros, 25 eram do tipo B, considerada mais grave.

Já em 2022, de acordo com a SMS, foram registrados 32 casos de meningite; dois dele do tipo B e onze mortes na capital alagoana.

Segundo o Ministério da Saúde, no Brasil, a meningite é considerada uma doença endêmica e a ocorrência das meningites bacterianas é mais comum no outono-inverno e das virais na primavera-verão. O sexo masculino também é o mais acometido pela doença.

A meningite é uma inflamação das meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal.

Na última segunda-feira (1º), Alagoas confirmou a primeira morte por meningite em 2024: um bebê de 1 ano e 3 meses, de Arapiraca, no Agreste alagoano.

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights