Connect with us

Published

on

O vereador Leonardo Dias (PL) entregou, na manhã desta segunda-feira (4), as comendas Senador Aurélio Viana e Álvaro Vasconcelos Filho à professora Henriette da Silva Lins e à atleta Waneska Oliveira, respectivamente.

Ambas as honrarias propostas por Leonardo Dias foram aprovadas por unanimidade pelo plenário da Câmara Municipal de Maceió (CMM).

Dias presidiu a solenidade de entrega das comendas e destacou os trabalhos desenvolvidos por ambas as mulheres dentro de suas áreas de atuação.

“Durante meu mandato tive a honra de reconhecer, por meio de comendas e títulos, o importante papel de diversas pessoas em prol de nossa cidade. Em cada momento deste, meus caros, cumpro também uma obrigação que vejo necessária ao parlamento: dar destaque àqueles que, de forma diuturna e incansável, buscam transformar realidades ao seu redor. Hoje, não seria, evidentemente, uma data honorífica diferente. Enxergo a Educação e o Esporte como áreas fundamentais para transformar realidades, mudar vidas, resgatar pessoas, apresentando a estas, muitas vezes, uma nova perspectiva”, ressaltou.

HENRIETTE DA SILVA LINS

Natural do Rio de Janeiro, Henriette da Silva Lins abraçou Maceió e contribuiu e segue contribuindo, ao longo de sua história, na formação de milhares de maceioenses. Muitos destes estudantes, alguns já profissionais nas mais diversas áreas, guardam – com toda certeza – com carinho o fato de a terem tido como educadora.

De acordo com Leonardo, Henriette é um exemplo prático da “ponte” existente entre a Educação e o Esporte, pois é formada em Educação Física, com atuação destacada nas redes municipal, estadual e privada.

“Estamos falando de uma educadora que compreende bem a tarefa que abraçou, mantendo-se sempre distante das politizações que o mundo moderno tenta incutir em sala de aula, por meio de fins ideológicos inconfessáveis, para ter o foco na formação integral de seus estudantes, com amplo respeito às liberdades de crença e guiada por valores nobres. Esta educadora – senhores e senhoras – se doa diuturnamente por meio de projetos tão importantes quanto ambiciosos, que focam em, de fato, mudar vidas e formar cidadãos plenos em nossa sociedade. Sempre foi uma voz ativa na defesa das crianças no exato momento em que, por fins políticos e ideológicos, tenta estimular a sexualidade precoce, causar confusão na mais tenra infância justamente quando meninos e meninas estão formando suas maturidades”, pontuou Dias.

Em seu discurso, a homenageada agradeceu a honraria recebida das mãos de Leonardo Dias. Emocionada, a professora estendeu seus agradecimentos a amigos, familiares e alunos.

“Nossos tempos nos tem levado à fuga do sacrifício e à busca pela comodidade e o caminho mais curto. É justo que muito custe o que muito vale, como diz Santa Teresa d’Ávila. Agradeço ao meu amigo Leonardo Dias, a quem conheço desde a luta contra a Ideologia de Gênero e em favor do Escola sem Partido. De fato, em cada tarefa que Deus ia me confiando, meu tempo se multiplicava. Agradeço aos meus pais pelo apoio. Aos meus filhos, que foram meus alunos e obrigado por terem entendido os papeis da dualidade entre mãe e professora. Agradeço aos meus alunos, que hoje alguns são pais e mães, profissionais bem sucedidos. Outros são ainda jovens e crianças que ainda esperam a tia Henriette chegar. Agradeço, claro, ao bondoso Deus que me permitiu esta honra”.

WANESKA OLIVEIRA

A atleta multicampeã de tiro olímpico, Waneska Oliveira, é uma das maiores esportistas da modalidade esportiva no Brasil. Somente nos últimos dois anos, conquistou inúmeros títulos. Em sua ascensão meteórica no esporte, tornou-se a primeira presidente mulher do Clube Alagoano de Tiro Olímpico (CATO).

Além das conquistas, Waneska Oliveira se encontra – atualmente – envolvida em um projeto de formação de atletas de alto rendimento realizado pela diretoria do CATO, denominado Tiro Limpo, que objetiva formar atletas de variadas idades, para competições a nível Nacional e Internacional.

“Eu ousaria dizer que sua recente história no tiro olímpico alagoano já se confunde a com a história do próprio esporte em Alagoas, pois foram muitas das suas conquistas que ajudaram na visibilidade desta modalidade esportiva que, em nosso país, não tem o destaque merecido. Com a modalidade do tiro então, ainda há um preconceito que nasce de um viés ideológico daqueles que se apegam aos chavões de que as armas só servem para matar, quando são muitas vezes instrumento de defesa, além de – em outras tantas vezes – serem equipamentos de um esporte tão belo, destacou Dias.

Em seu pronunciamento, Waneska agradeceu a honraria recebida na CMM. “Agradeço ao meu esposo, ao meu pai (in memorian), à minha mãe, aos meus filhos e amigos. Eles sempre foram o combustível para que eu seguisse e chegasse até aqui. Agradeço aos amigos do CATO pela confiança e credibilidade, pois abriram as portas do clube mais respeitado de Alagoas e me entregaram este bem. Agradeço ao amigo Leonardo Dias pela homenagem que recebo em vida”

Oliveira se emocionou a relembrar sua história dentro da modalidade esportiva e frisou, sobretudo o trabalho desenvolvido pelo CATO.

“Em 2018, fui apresentada ao tiro olímpico e ao CATO. Hoje sou a primeira mulher presidente do CATO, uma missão honrosa e desafiadora, pois em sua história, o clube é formado em sua maioria por homens. Enquanto atleta, fui evoluindo e conquistando alguns títulos”, concluiu.

Ao final da solenidade, o vereador aproveitou a ocasião e entregou moções de aplausos à Waneska e à atleta Thaise Christoni por suas inúmeras conquistas na modalidade esportiva.

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights