Connect with us

Published

on

O prefeito de Maceió, JHC, acompanhou na tarde desta sexta-feira (1º) o trabalho que vem sendo executado pela Marinha do Brasil na área de risco da Lagoa Mundaú, próximo à mina 18, que apresenta risco iminente de colapso. Desde o alerta de risco da Defesa Civil, a Marinha tem mantido embarcações na lagoa para evitar que pescadores entrem na área delimitada.

JHC agradeceu o apoio da Marinha e afirmou que o Município tem seguido todos os protocolos de segurança.

“Desde 2019 esta área já estava em isolamento e agora a Marinha ampliou esse raio, de acordo com as informações fornecidas pela Defesa Civil. Eu queria, em nome do Gabinete de Crise, agradecer à Marinha do Brasil. Estamos monitorando 24 horas, seguindo todos os protocolos, e essa atitude é uma prova disso. Com certeza, com a força e união de todas as instituições sérias do nosso país vamos vencer esse momento”, disse JHC.

O capitão da Marinha do Brasil, Luciano Teixeira, explicou que tem mantido embarcações na lagoa para garantir a segurança dos pescadores que percorrem a região.

“Diariamente temos mantido embarcações aqui na área, de maneira que pescadores não se aproximem da área de risco iminente de colapso. Desde 2019 há um plano de contingência, a Marinha do Brasil delimitou uma área de 300 metros, depois 500 e agora, ampliamos a área para mil metros. A Marinha do Brasil está preocupada em salvaguardar as vidas e tem mantido embarcações para orientar, sobretudo os pescadores, para que não ultrapassem a área”, afirmou.

A Prefeitura de Maceió segue monitorando e acompanhando de forma permanente para garantir a segurança dos maceioenses.

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights