Connect with us

Published

on

Em pronunciamento na sessão ordinária da Câmara Municipal de Maceió (CMM), nesta quinta-feira (16), o vereador Leonardo Dias (PL) voltou a cobrar soluções para os problemas de atraso nas regulações de pacientes que se encontram nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da capital alagoana.

Dias tem feito fiscalizações constantes às unidades e não é a primeira vez que aborda o assunto, seja em plenário ou em entrevistas recentes à imprensa.

Nesta semana, o vereador recebeu – por meio das redes sociais – um pedido de ajuda oriundo da neta de uma idosa, que estava internada em uma das UPAs, mas não conseguia a transferência. Após a intervenção de Leonardo Dias, a paciente foi encaminhada a uma unidade hospitalar.

“É preciso uma pessoa se desesperar e publicar nas redes sociais que a sua avó está perdendo a perna para que seja feito alguma coisa? Eu, após ter sido marcado por ela no Instagram, falei com a equipe secretário [Gustavo Pontes] – que tem sempre sido solícito e prestativo aos meus pedidos – e a idosa foi transferida em cerca de duas horas. Mas, será que o acesso à saúde será somente desta forma? Vai ser sempre preciso que alguém interceda caso a caso para que essas coisas sejam resolvidas? É preciso que haja solução para aqueles que nem sempre são vistos”, pontuou.

Há alguns meses, Leonardo Dias tem relatado casos semelhantes.

Ao abordar a situação da Saúde e a dificuldade de regulação nas UPAs, o vereador criticou a postura adotada pelo senador Renan Calheiros (MDB) em judicializar a aquisição do Hospital da Cidade pela Prefeitura de Maceió, que promete abrir cerca de 220 leitos. Para Dias, a posição do senador não leva em conta a necessidade do equipamento público.

“É um problema que se repete há bastante tempo e aqui, mais uma vez, a gente vem lamentar o fato de o município comprar um hospital que vai disponibilizar vários leitos, ajudando a resolver um problema crônico, mas há aqueles que querem impedir essa aquisição. Gostaria de convidar o senador Renan Calheiros para visitar as UPAs para que ele converse com as pessoas que estão esperando tratamento e transferência e não conseguem”, concluiu o vereador.

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights