Connect with us

Published

on

Três laudos técnicos, realizados por engenheiros independentes e credenciados junto ao Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia (IBAPE-AL), comprovaram a viabilidade financeira da aquisição do complexo médico Hospital da Cidade, o antigo Hospital do Coração, que a partir do começo do ano que vem será tornado público. Segundo as avaliações dos engenheiros, o preço mais barato para a aquisição dos dois prédios ficaria por R$ 267 milhões. A prefeitura de Maceió anunciou que está agregando o equipamento ao custo de R$ 266 milhões. O laudo mais caro apontou um valor de R$ 282 milhões, enquanto um intermediário chegou a R$ 270 milhões. Portanto, os três estudos mostram que a Prefeitura de Maceió está realizando uma compra abaixo do valor de mercado, oferecendo para a população o que há de melhor em atendimento de alta complexidade.

Os estudos foram encomendados pela gerência do Hospital do Coração, para serem entregues ao Grupo de Transição, que está trabalhando na entrega do complexo médico. O critério para a escolha dos profissionais foi, justamente, o credenciamento do instituto, que é vinculado ao Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (CONFEA). O IBAPE realiza, há quase 70 anos, avaliações judiciais e extrajudiciais e é a mais importante ferramenta para a aferição dos valores praticados no mercado de imóveis.

Maceió – A capital alagoana era a única de todo o Nordeste que não tinha nenhum hospital público em sua rede de atendimento. Há um mês a prefeitura de Maceió anunciou a aquisição do Hospital do Coração, com todos os equipamentos médicos que existem na unidade. São dois prédios localizados na Gruta de Lourdes, ligados por uma passarela, sendo o primeiro medindo 18,7 mil m² e o segundo com mais de 11 mil m². O Hospital da Cidade vai atender demandas de alta complexidade em exames e cirurgias, como nefrologia, neurologia, cardiologia, cardiopediatria, cirurgia geral, terapia intensiva, gastroenterologia, oncologia, pediatria, obstetrícia, neuropediatria. O HC será entregue em definitivo até o final do primeiro trimestre do ano que vem, tornando-se o mais moderno complexo médico da região.

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights