Connect with us

Published

on

A cantora Juliette se manifestou no começo da noite desta quarta (18/10) pela primeira vez desde que sua parceria com Duda Beat, “Magia Amarela”, foi acusada de plágio de “AmarElo”, de Emicida.

Em mensagem postada em seu canal do WhatsApp, a campeã do “BBB 21” revelou ter sentido a repercussão negativa do trabalho. “A quem tá preocupado. Eu realmente não estou bem”, ela escreveu.Nas redes sociais, a vencedora do “BBB 21” compartilhou um novo comunicado: “É extremamente necessário informar que eu e minha equipe jamais compactuaríamos ou participaríamos cientemente de atitudes de plágio e apropriação criativa. Fui contratada para uma campanha publicitária em que interpretaria uma canção e videoclipe e os processos de liberações autorais são de responsabilidade do contratante”.

“Peço desculpas e lamento profundamente as consequências desse ocorrido. Estejam certos de que tomaremos providências e aumentaremos ainda mais nosso cuidado sobre propriedade intelectual e diversidade em futuros trabalhos artísticos e comerciais. Por fim, informo que a campanha foi cancelada e a música será retirada de todas as plataformas digitais”, concluiu.

Acusação – A acusação de plágio foi feita por Evandro Fióti, CEO da Lab Fantasma e irmão de Emicida, que expressou sua indignação sobre o caso, mencionando o longo caminho que ele e seu irmão percorreram para ganhar um Grammy com “AmarElo”. “A gente levou 12 anos pra ganhar o Grammy e o trabalho que a gente ganhou o Grammy acabou de ser roubado conceitualmente. Tem noção do ódio que isso gera? Tem noção da vontade que dá de botar fogo em tudo?”, desabafou em uma live no Instagram.

Ele também escreveu no X (antigo Twitter): “Sabe apropriação e tudo aquilo que a gente discursa sobre ética? Então, esse mercado tem bem pouco. Sem criticar as artistas que inclusive admiro. Mas nosso jurídico vai trabalhar!”

Campanha publicitária – Com a repercussão, veio à tona que “Magia Amarela” foi criada para uma campanha da marca Bauducco, algo que Juliette não tinha informado a seus seguidores quando anunciou a música, lançada em seu canal oficial do YouTube na madrugada desta quarta (18/10). Entretanto, para afastá-la da crise, a equipe da cantora emitiu um comunicado sobre a natureza comercial da gravação. “Informamos que a música ‘Magia Amarela’ faz parte de uma campanha publicitária e que Juliette foi contratada como uma das intérpretes para este trabalho audiovisual. A equipe da cantora está em contato com os contratantes responsáveis pela criação e produção da campanha para mais esclarecimentos”, disse a nota oficial publicada nas redes da vencedora do “BBB 21”.

Aumentando a controvérsia, Fióti revelou que a Bauducco havia negociado com ele e Emicida inicialmente, mas que não chegaram a um acordo devido a questões de cronograma e financeiras. Por isso, ele reforçou que a crítica era direcionada à marca e responsáveis pela campanha, e não às cantoras.

Repercussão – O caso ganhou grande proporção nas redes sociais, que trouxeram à tona outras acusações de plágio que marcam a curta carreira musical de Juliette, acompanhadas por conselhos para que ela troque toda a sua equipe.

Ao fim do dia, a Bauducco também emitiu um comunicado, informando que tinha cancelado a campanha publicitária. Na nota, a empresa também tentou resguardar Juliette e Duda Beat da polêmica: “É importante ressaltar que a participação das cantoras se restringiu à interpretação da música-tema, sem vínculo com a criação da campanha.”

tnh1

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights