Connect with us

Published

on

Nesta Semana da Criança, o Procon Maceió, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e supermercados locais, desenvolve o Projeto Procon Mirim. A iniciativa visa orientar as crianças da rede pública municipal de ensino sobre consumo consciente e os direitos do consumidor numa abordagem prática, capacitando-os para, no cotidiano, aplicarem conhecimentos adquiridos na experiência de fiscais mirins.

Nesta terça-feira (10), os alunos dos 5º e 6º anos da Escola Municipal José Correia Costa, que fica na Serraria, atuaram como agentes fiscalizadores do órgão municipal de defesa do consumidor. Mais de 60 estudantes, de 11 a 13 anos, participaram de uma simulação de fiscalização.

Na última segunda-feira (9), foi a vez dos alunos da Escola Municipal Maria de Lourdes Bezerra, no bairro Mangabeiras. Já participaram as unidades de ensino Maria de Lourdes Bezerra e a Sagrado Coração de Jesus.

Para o estudante Arthur Vinícius Silva, 14 anos, que verificava com atenção um produto com seu colega, foi uma experiência muito boa e uma oportunidade de aprender o que é feito no cotidiano. “Consegui ver a validade, se um item está fora da validade ou bom para o consumo, e verificar se uma lata ou algum produto está danificado. A gente estava olhando umas latas para ver se estavam danificadas porque quando uma lata está danificada não pode ser consumida. Aprendi coisas novas, cotidianas, que eu posso usar no futuro e até hoje em dia mesmo”, relatou o aluno.

O Procon Mirim propicia que os estudantes observem a validade dos produtos e as condições das embalagens, se estavam amassadas ou danificadas, bem como os preços das mercadorias. Tudo de acordo com o que foi repassado a eles sobre o direito do consumidor pela diretora-executiva do Procon Maceió, Cecília Wanderley.

“É um programa educacional dinâmico e envolvente, no qual os pequenos conseguem aprender e compreender na prática a fiscalizar a data de validade dos produtos, pesquisarem os preços e compará-los, aprender sobre seus direitos e responsabilidades como consumidores, principalmente sobre consumo consciente”, revelou a coordenadora de projetos e pesquisas do Procon Maceió, Bárbara Araújo.

A parceria com os supermercados de Maceió desempenha um papel fundamental no sucesso do projeto. Os supermercados se comprometem a abrir as portas para as visitas das crianças, permitindo que elas vivenciem a prática do direito do consumidor em um ambiente real de compras.

O supermercado Super Atacado, localizado no Antares, foi o estabelecimento comercial escolhido para a visita dos alunos, que foram acompanhados pela coordenação pedagógica e pelo vice-diretor da escola, Manoel Miguel Martins.

“Gostaria de parabenizar a iniciativa de trazer os alunos para os supermercados. Eles tiveram a oportunidade de aprender como verificar os produtos, os preços, prazos de validade e medidas. Eles mostraram muito entusiasmo em participar, porque verificaram in loco e viram o que pode ser prejudicial ou não ao consumidor. E também é importante para a vida deles porque eles vivem isso, muitos deles fazem as compras com as mães”, disse o vice-diretor.

A assessora técnica e jurídica do Procon Maceió, Luísa Goulart, explicou que o projeto dá a oportunidade de fazer com que os alunos se tornem futuros cidadãos e consumidores conscientes. “É um momento de lazer e aprendizado, a gente traz os alunos para o supermercado para ensinar um pouco da nossa dinâmica, da fiscalização, e que eles possam levar para os familiares e amigos os conhecimentos sobre os procedimentos na hora de ir às compras, o preço, a validade, a qualidade do produto”, frisou.

Ao final das atividades, um lanche do projeto do supermercado chamado Pão Amigo, foi distribuído para os alunos. A iniciativa segue até a próxima quarta-feira (11) e no final das ações, os pequenos recebem um certificado de Fiscal Mirim do Procon Maceió.

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights