Connect with us

Published

on

O Estado de São Paulo divulgou dados relacionados a mortes e internações por calor nos sete primeiros meses de 2023. Houve um aumento de 102,3% nas internações e atendimentos médicos por circunstâncias ligadas às altas temperaturas em relação ao mesmo período do último ano. Foram 312 registros de atendimento neste ano, mais que o dobro de 2022, que contabiliza 154 no mesmo intervalo temporal. Os principais atingidos pelo calor são crianças com idade inferior a 4 anos, idosos e pessoas com deficiência cognitiva. Ao todo, também foram registradas cinco mortes. As informações são de levantamento feito pela Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo. No entanto, os estudos não consideram os recordes de calor registrados entre o mês de agosto e setembro. Nos últimos dias, marcados pelo fim do inverno e o início da primavera, os paulistas presenciaram os dias mais quentes do ano. O Estado deve atingir novos recordes de calor neste final de semana, podendo causar um aumento dos dados divulgados pelas autoridades.

 

*Com informações do Estadão Conteúdo

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights