Connect with us

Published

on

A Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio do Núcleo de Línguas Estrangeiras, irá promover um curso de espanhol para que ambulantes, artesãos, taxistas, rendeiras e outros profissionais que trabalham diretamente com o turismo possam atender melhor aos turistas que visitam Maceió.

Os últimos detalhes para a implantação do curso foram debatidos nessa segunda-feira (11), em reunião ocorrida na Semed, com representantes da Secretaria Municipal de Turismo (Semtur).

Jefferson Simons, coordenador do Núcleo de Línguas Estrangeiras e idealizador do curso, pontuou que a capital alagoana tem o turismo como carro-chefe da economia, mas é preciso driblar a carência no conhecimento de línguas estrangeiras.

“Esse curso é pioneiro. É voltado para capacitar todos os ambulantes e os profissionais que trabalham com o turismo em Maceió. É perceptível nossa vocação turística para o espanhol, já que Maceió recebe turistas da Argentina, do Uruguai, do Chile e do Paraguai”, afirmou.

O Curso de Espanhol Básico terá duração de três meses. Serão ministradas duas aulas por semana, das 19h às 21h30, por profissionais da rede pública de ensino. Neste primeiro momento, 52 profissionais do turismo maceioense serão contemplados com a iniciativa e estão divididos em duas turmas.

Capacitação constante

Para o superintendente de Governança e Gestão Interna da Semtur, Alfredo Tenório, o curso chegou no momento ideal, já que a capital tem, a cada ano, números maiores de visitantes estrangeiros.

“Estamos recebendo uma demanda muito grande de turistas da América Latina e há uma necessidade da língua espanhola, para que os turistas sejam bem recebidos e para que os próprios profissionais consigam vender melhor seu produto, ter um entendimento maior com os turistas”, reforçou.

Para o curso, a Secretaria de Educação irá oferecer o espaço das aulas, bem como todo o material didático e os professores responsáveis. Já a Semtur participa das aulas com o apoio aos profissionais do turismo e outros materiais necessários às aulas.

A superintendente de Governança e Gestão Interna da Semed, Marcelle Telles, destacou que a iniciativa do Núcleo de Línguas é de grande importância, porque pensa na formação das pessoas que já estão inseridas no mercado de trabalho, mas que precisam se capacitar.

“Hoje, Maceió é o destino mais procurado do Brasil. Temos muitos turistas que, muitas vezes, têm como idioma somente o espanhol. Poder capacitar esse profissional para que ele possa atender melhor ao turista internacional é uma oportunidade única para nós da Semed”, comentou Marcelle.

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights