Connect with us

Published

on

A última superlua do ano – e da década – iluminou o céu, na noite desta quarta-feira (30). Diante dos olhos admirados de milhares de maceioenses que participaram do Luau Massayó, evento promovido pela Prefeitura de Maceió, na Praia de Ponta Verde. Para manter o ambiente confortável, a Autarquia Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Alurb) preparou uma programação de limpeza especial para antes, durante e depois do luau.

O trabalho realizado pela CoopMundaú, parceira da Alurb na coleta seletiva da capital, recolheu pouco mais de uma tonelada de recicláveis produzidos no local, como latinhas de metal, garrafas de vidro, embalagens e plásticos em geral, gerando renda extra para as famílias envolvidas na reciclagem.

Varredeira elétrica faz limpeza do sargaço sem agredir meio ambiente. Foto: Ascom Alurb
Varredeira elétrica faz limpeza do sargaço sem agredir meio ambiente. Foto: Ascom Alurb

Antes do início do Luau, a Alurb realizou a limpeza do sargaço na faixa de areia, sem agredir o meio ambiente, utilizando o equipamento que enterra o sargaço de volta na areia, fazendo com que ela mantenha sua função ecológica. Cerca de 20 agentes se revezaram na limpeza das vias e do calçadão, de forma manual e com uma varredeira elétrica, durante e depois do evento.

O diretor-presidente da Alurb, Moacir Teófilo, explicou que o trabalho realizado pela cooperativa é importante para o meio ambiente. “Mais um evento da Prefeitura de Maceió em que o papel das cooperativas ganha destaque. Além de apreciar a lua, podemos ver a sustentabilidade e a geração de renda acontecendo. Diversos itens descartados pelos cidadãos foram recolhidos imediatamente e agora ganharão a destinação correta”, disse.

Alurb recolhe mais de uma tonelada de recicláveis. Foto: Alisson Frazão/Secom Maceió
Alurb recolhe mais de uma tonelada de recicláveis. Foto: Alisson Frazão/Secom Maceió

Dentro do mar, o Ecoboat estava percorrendo a área fazendo o recolhimento de resíduos que foram parar no oceano, como embalagens plásticas e recicláveis, tendo em vista que muitas pessoas se reuniram dentro d’água para curtir as atrações musicais.

“Muito importante o trabalho que desenvolvemos. Houve muito empenho de toda a equipe, desde os que trabalharam antes do evento, limpando as ruas, até quem trabalhou dentro d’água recolhendo o lixo gerado e não permitindo que eles atrapalhem o meio ambiente de alguma forma”, completou Teófilo.

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights