Connect with us

Published

on

O mar calmo e o calor escaldante foram os protagonistas desta edição do IronMan 70.3 em Maceió. Pela 5ª vez, a capital recebe a etapa do circuito mundial com 850 atletas de 18 nações, com destaque para o percentual de alagoanos inscritos este ano: 12% de competidores locais na disputa pelo melhor tempo. A prova iniciou e foi concluída na orla de Pajuçara.

O argentino, Emmanuel Iodice, consagrou-se campeão do IronMan 70.3 – Maceió, após concluir o percurso de mais de 113km, somando as quilometragens de natação, ciclismo e corrida.

Belarmino, vice-campeão, considera Maceió uma das melhores capitais para competir. (Foto: Alisson Frazão)
Belarmino, vice-campeão, considera Maceió uma das melhores capitais para competir. (Foto: Alisson Frazão)

O vice-campeão, José Belarmino, destacou que Maceió está entre suas cidades preferidas para competir. “Estou muito feliz. Vou puxar a sardinha para duas cidades Fortaleza e Maceió. São duas cidades do Nordeste que eu amo, sempre que tiver a oportunidade vou competir, vou participar dessas provas, porque é uma alegria muito grande e a energia é demais”, confessou o atleta.

Alagoano Felipe Lira conseguiu ficar entre os 10 melhores colocados dessa etapa. (Foto: Alisson Frazão)
Alagoano Felipe Lira conseguiu ficar entre os 10 melhores colocados dessa etapa. (Foto: Alisson Frazão)

E teve alagoano entre os 10 primeiros na classificação. Felipe Lyra comemorou a vitória junto com a família que acompanhou sua rotina de treinos até a emocionante chegada. “Bom demais! Competir em casa é diferente, junto com a torcida na chegada, muito obrigada a todo mundo de Maceió e Alagoas. ‘Tamo junto’”, contou Felipe.

Ana foi a campeã entre as mulheres com 4 horas e 30 minutos de prova. (Foto: Alisson Frazão)
Ana foi a campeã entre as mulheres com 4 horas e 30 minutos de prova. (Foto: Alisson Frazão)

Entre as mulheres, Ana Muniz, a paulista de 24 anos em apenas 2 anos competindo vem arrastando prêmios e dessa vez não foi diferente. “Para essa prova eu me preparei literalmente para ela. Para vir aqui e ganhar, e fiz isso. Foi difícil, mas eu treinei e foi muito bom! Completei ano essa semana e vim aqui buscar o presente”, brincou a campeã.

No feminino, o pódio foi 100% brasileiro com Ana Muniz, Luiza País e Fernanda Arantes. O público feminino na prova atingiu a marca de 19%.

Para Ana a parte mais difícil foi suportar o calor. “Eu já sabia que o calor aqui seria um fator complicado, por isso adorei a estratégia de sempre pegar água nos postos para chegar quase que tomada banho na chegada e deu bom”, pontuou.

MACEIOENSES TERÃO VAGA GARANTIDA PARA ETAPA DE FORTALEZA

Durante a premiação, o secretário municipal de Esporte, Thales Novaes, reforçou que os 03 triatletas masculinos maceioenses e as 03 femininas maceioenses terão inscrição gratuita para etapa IronMan 70.3 Fortaleza. “Nós que fazemos a equipe da Prefeitura de Maceió buscamos a direção geral do IronMan Brasil para fortalecer ainda mais essa parceria e fomentar o esporte na cidade assegurando as inscrições gratuitas para 06 atletas maceioenses, 03 masculinos e 03 femininos. Os três melhores colocados de cada categoria”, explicou o secretário.

Secretário de Esporte, Thales Novaes, anunciou incentivo aos atletas maceioenses. (Foto: Alisson Frazão)
Secretário de Esporte, Thales Novaes, anunciou incentivo aos atletas maceioenses. (Foto: Alisson Frazão)

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights