Connect with us

Published

on

Curso é requisito para concorrer ao pleito, que acontecerá no dia 1º de outubro

Os candidatos ao cargo de Conselheiro Tutelar de Maceió iniciaram, nesta terça-feira (25), o curso de capacitação no auditório do Tribunal de Contas do Estado, no bairro Farol. A atividade é organizada pela Fundepes, sendo um dos requisitos para concorrer à eleição direta, que vai acontecer no dia 1º de outubro.

Cerca de 179 pessoas participaram da iniciativa, que incluiu discussões e debates sobre o sistema de garantia de direitos, programas de atendimento e conhecimentos gerais sobre os direitos das crianças e dos adolescentes.

A gerente da unidade de concursos da Fundepes, Luiza Cabral, destacou o funcionamento das atividades. “Esse processo de capacitação que estamos realizando é de extrema importância, porque oferece uma base preparatória para aqueles que vão fazer a prova para participarem das eleições diretas de um cargo de tamanha importância para a sociedade. É a primeira vez que estamos participando deste serviço e isso é motivo de felicidade”, disse.

O curso terá duração de 30h e vai até sexta-feira (28). Após o processo de capacitação, será realizada uma prova no dia 13 de agosto para os candidatos, caso aprovados, eles estão aptos a participar das eleições diretas.

A presidente da Comissão Eleitoral, Maria Betânia, explicou a importância destes processos. “Estamos com uma equipe pedagógica qualificada através da Universidade Federal de Alagoas com professoras mestras e doutoras do Serviço Social. Com esse conhecimento adquirido, os futuros conselheiros  assegurarão aos usuários que necessitem dos atendimentos desses equipamentos, um serviço qualificado, de excelência e que garanta os direitos da criança e do adolescente”, ressaltou.

Após o processo eleitoral serão escolhidos pela população 50 conselheiros que vão atuar nas 10 Regiões Administrativas de Maceió, no período de 2024 a 2027.

Para o secretário de Desenvolvimento Social, Fernando Davino, Maceió tende a crescer cada vez mais através dos serviços oferecidos pelos equipamentos. “Ficamos felizes em contribuir para a formação dos futuros conselheiros tutelares do Município, que é uma função importante e necessária para assegurar os direitos da criança e do adolescente maceioense. Quem ganha com tudo isso é a população, com atendimento humanizado e de qualidade. Essa é a marca da gestão do Prefeito JHC”, pontuou.

Conselho Tutelar

Em Maceió, existem 10 Regiões Administrativas que concentram o trabalho de 50 conselheiros tutelares que abrangem todos os bairros de Maceió.

Os conselheiros tutelares da capital desempenham um papel importante na luta contra as diversas formas de exploração e na garantia dos direitos de crianças e adolescentes. Cabe aos profissionais combater as violações e os crimes que atingem a população infanto-juvenil,  promover a qualidade de vida deste público e acompanhar as investigações dos crimes relacionados a este público.

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights