Connect with us

Published

on

A Comissão de Segurança Pública do Senado aprovou requerimento de autoria do senador Sérgio Moro (União Brasil-PR) para ouvir a líder da oposição venezuelana, Maria Corina Machado, nesta terça-feira, 4. A política foi impedida de concorrer nas eleições pelos próximos 15 anos, por punição da Controladoria-Geral da Venezuela. A ex-parlamentar era a favorita entre 13 candidatos das primárias para enfrentar o ditador Nicolás Maduro nas eleições do próximo ano. Com a aprovação do requerimento, Corina deve ser ouvida pelo colegiado em agosto, após o retorno dos senadores do recesso parlamentar. De acordo com o documento, os temas a serem debatidos são democracia, liberdade, garantias individuais e reflexos da instabilidade na Venezuela para a segurança pública. No pedido aprovado pelos parlamentares, Moro argumenta que, baseado em relatório da Organização das Nações Unidas (ONU), agências de inteligência na Venezuela oprimem as forças políticas oponentes a Maduro, o que pode configurar crime contra a humanidade.

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights