Connect with us

Published

on

O prefeito de Maceió, JHC, assinou nesta terça-feira (4) um termo de compromisso para a Busca Ativa Escolar (BAE) com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e a União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime). A Busca Ativa Escolar é uma estratégia que visa apoiar os municípios na identificação, registro, controle e acompanhamento de crianças e adolescentes que estão fora da escola ou em risco de evasão.

Na ocasião, JHC relembrou as iniciativas feitas pelo Município para atrair e manter os alunos na sala de aula.

“No primeiro ano teve a pandemia, mas a gente conseguiu ir atrás, e da forma como a gente podia, conseguimos aumentar o número de alunos. Naquele momento criamos o Bolsa Escola Municipal e impulsionamos essa busca ativa, o que nos ajudou muito a trazer as crianças para a nossa rede. A gente vive nesse constante desafio, mas queremos a orientação de vocês no que a gente puder fazer para melhorar cada vez mais essa realidade em Maceió”, afirmou JHC.

A Busca Ativa Escolar reúne representantes das áreas de Educação, Saúde e Desenvolvimento Social para fortalecer a rede de proteção. Cada órgão tem papel específico, que vai desde a identificação de uma criança ou adolescente fora da escola, até a tomada das providências necessárias para o atendimento nos diversos serviços públicos e a permanência na escola.

Em Maceió, a busca ativa será realizada pela Associação de Defesa da Educação, Saúde e Assistência Social (Asserte). A secretária de Educação de Maceió, Jó Pereira, explicou quais serão os próximos passos depois da assinatura do termo de compromisso.

“O nosso próximo passo será a formação do comitê intersetorial, envolvendo as secretarias de Educação, Saúde e Desenvolvimento Social, além da implantação da política permanente de busca ativa de Maceió. Isso garante a todas as crianças de Maceió o acesso à educação”, informou a secretária.

Socorro Araújo, representante do Unicef, explicou que a busca ativa escolar é uma iniciativa para garantir o direito das crianças e adolescentes à educação. “Mais de três mil municípios já participam e agora é a vez de Maceió. Nosso intuito é não ter nenhuma criança fora da escola. A busca ativa identifica as causas que fazem a criança estar fora da sala de aula, para que sejam tratadas e as famílias tenham a condição de que ela permaneça na escola”, revelou.

Advertisement
Click to comment

Deixe uma resposta

Verified by MonsterInsights